segunda-feira, 30 de maio de 2011

Doze meses para chamar de meu

Nas borracharias do mundo todo existem, nas paredes, calendário de mulher pelada.
Janeiro: Peito e bunda. Fevereiro: Peito e bunda. Março: Bunda e peito, e por aí vai.
É um clássico.
As curvas femininas combinam muito bem com motores e ferramentas. Tudo a ver.
E os "Calendários Pirelli" ficaram tão famosos que agora virou grife de modelos famosérrimas e fotógrafos ultra renomados.
Sacanagem.
Os borracheiros nem tem mais acesso à eles. Tem tiragem limitada, é caríssimo e virou artigo de colecionador.
Bom, mas acho que os borracheiros também nem iam querer mais. Ter uma modelo magricela numa foto artística na parede do estabelecimento não ia combinar muito com o gosto da população que frequenta o local.
Calendário Pirelli 2010...ai que preguiça.
Os borracheiros, mecânicos e afins preferem algo mais tradicional. Mais substancioso. Ainda bem que no mundo ainda existe uma fartura de "Gatas de Março", "Coelhinhas de Setembro" sem falar no especial: "Sisters do BBB".
Ufa...

Mas não estou preocupada com as paredes masculinas. Gostaria de saber o que ficaria melhor na parede das mulheres.
Nos salões de beleza femininos só existem... mulheres. Cabelos brilhosos pelo Photoshop, mulheres lindas, magras e muita divulgação de cosméticos.
Sem graça de tudo...
O pior é que cortamos o cabelo, gastamos muito dinheiro com os benditos produtos e NUNCA ficamos parecidas com elas. Sempre saio frustada de um salão de beleza. A cabeleireira pergunta, virando o espelhinho para eu ver minhas costas:
-Gostou???
Eu olho para a moça do poster na parede e resmungo:
-É, ficou bom...
Hahahah, deviam colocar fotos das nossas vizinhas, amigas e cunhadas. Gente normal. Aí saíríamos felizes da vida, nos sentindo superiores com nossas luzes californianas.

Se eu tivesse um espaço exclusivamente para receber mulheres eu teria coisas interessantes nas paredes.
Deixa eu ver... o que poderia ser?
Ah, já sei: os borracheiros nos usam para decorar seus QGs. Poderíamos homenagear a categoria também em nossas paredes.

Não, perfeitinho demais. Uma barriga tanquinho assim ia me dar vontade de fazer uma lipo.
Péssimo você ser mais barriguda que o cara. E ter mais pelos do que ele!!!
Não, Village People demais.



A verdade é uma só: quem gosta de homem pelado é gay.
Mulher não gosta dessa coisa explícita de torsos nús e abdomem definido. Não que não seja bonito (longe de mim dizer isso), mas é que os especialistas dizem que o cérebro feminino não ativa as áreas do prazer sexual com a visão de corpos nús.
Mulher sente mais prazer sexual vendo dois macacos transando do que um homem nú. Juro! Elas preferem o clima do que o corpo. Mesmo que o clima seja entre dois primatas. Tá na pesquisa dos especialistas
Hahahah, adoro falar "especialista". Dá um ar de sabichona. E nem preciso citar as fontes porque, né, se o especialista disse ninguém deveria contestar...

Bom, mas voltando ao assunto: olhar um corpo nú e ter desejo é um privilégio masculino.
Pena. Ia ser bem mais fácil para nós.
Infelizmente mulher precisa de muito mais. E prá piorar precisa de uma mistura fina e bem elaborada de várias coisas.
Meu calendário seria assim:

Janeiro: Gestos. Principlamente os gestos. Um jeito interessante de virar a cabeça, uma maneira própria de mexer no nariz, um jeito de chacoalhar o cabelo, uma mania de segurar o sorriso para não dar bandeira... isso é sexy.
Fevereiro: Cheiro. Cheiro de pele, não de perfume. Cheiro de testosterona entusiasma. Gente que não tem cheiro não tem graça.
Março: Uma mão meio encardida (não precisa ser necessariamente suja), com cara de quem já fez serviço pesado que deixou vestígios sob as unhas e calos na palma das mãos.
Abril: Uma maneira autoconfiante de andar, sentar e agir. Como se estivesse esnobando o mundo ao redor. Como se não percebesse uma mulher bonita que passa ao lado. Homem que olha bunda quando passamos demonstra necessidade, e isso é desanimador.
Maio: Barba por fazer, como se a vaidade fosse algo desconhecido para ele. Cabelo meio sem corte, calça velha. Sapato sujo. Abaixo os metrossexuais!
Junho: Voz masculina é importante. Uma fala moncórdia e fingindo tédio quando fala coisas atraentes, como se estivesse falando a coisa mais banal do mundo. Odeio homem que sussurra tentando ser galã.
Julho: No frio o importante é uma pele quente. Homem com pé frio, mãos geladas, não esquenta.
Agosto: Não pode ser drogado e nem alcoólatra, mas um pouco de transgressão dá um charme. Uma cervejinha depois do futebol, um cigarrinho (já disse isso? disse.), uma cachacinha do fim da tarde. É fofo. Homem natureba, que não bebe, não come porcaria, coloca a saúde em primeiro lugar, não dá.
Setembro: Seriedade, por favor. Não pode ser muito engraçado nem palhaço. Caras divertidinhos não tem sex apeal.
Outubro: Mas tem que ser inteligente. Não necessariamente culto. Homem inteligente é bom demais, mesmo que ele não saiba lá muita coisa do mundo. Pode entender só de boi, de motor, de ginástica, de barco. Tá valendo.
Novembro: Tem que ter um certo grau de agressividade. Tipo, desligar o telefone na cara se você começa a dar chilique de ciúmes, ficar bravo se damos o bolo num encontro, se irritar com TPM. Homens tolerantes e compreensivos não tem atrativos.
Dezembro: Por fim...tem que dançar. Não música de boate, funk, rock... nada disso. Dançar colado, ter ginga e pegada. Saber os mistérios da arte de conduzir uma dama . (este último ítem é praticamente um presente de Papai Noel!!!)


Será que é querer demais? Acho que não.
É fácil, tranquilo!
Mas ó, tem que ter tudo junto todos os meses, entenderam?
De preferência todos os dias.
Senão...

. "Na manhã seguinte, não conte até vinte: te afasta de mim.
Pois já não vales nada, és página virada.
Descartada do meu folhetim" (Chico Buarque)


Brincadeirinha!!
Temos a enorme capacidade de amar novidades. Parceiros fora do nosso padrão tolo e raso. E os homens também não amam só peito e bunda. Hoje fiquei sabendo que mulheres inteligentes são atraentes.
Ufa... ainda bem.

3 comentários:

  1. Gostei tanto que divulguei no twitter! Aliás, vc tem?? rs
    Bjinho, Claudinha

    ResponderExcluir
  2. Master!!! Se eu soubesse tuitar tuitava tu também.

    ResponderExcluir
  3. Claudia, senti cá comigo a descrição de um certo alguém que vive com vc...acertei?
    Eu ainda te farei publicar sesu textos na forma de livros. Bjs

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.