sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

O Teste do Ed Motta (T.E.M.)

Para quem não sabe, eu sou psicóloga e estou padronizando um teste psicológico que será um divisor de águas na escolha de um homem para chamar de seu. Em primeira mão apresento para vocês o T.E.M., ou seja, o "Teste do Ed Motta"!!!
Como muitos inventos importantes, o T.E.M. foi descoberto ao acaso. Uma maçã pode cair na sua cabeça ou a água da banheira transbordar e você, subitamente, pode ter um insight e chegar a conclusões que revolucionarão a ciência para sempre.
Abaixo descrevo as cenas que ficarão na história.

Cena 1:
Sentada num restaurante com um grupo de amigos. Um deles trabalha com televisão e estava comentando sobre uma apresentadora de TV, bonita e jovem, que tem uma adoração incompreensível pelo Ed Motta, e não só pelo seu trabalho. A fala dele era:
- Como pode uma menina tão linda se interessar por um cara como Ed Motta? Ela acha ele o máximo! E o pior de tudo é que ele é casado e eu já vi a esposa dele. Ela é uma mulher....normal!!!

Minha sirene que detecta preconceito contra negros, gordos, carecas e cantores de soul pop começou a tocar e eu saí em defesa:

-Peraí!! Eu conheço quase nada do Ed Motta, mas as três músicas que já ouvi dele são bem legais. Além disso, sempre que leio algo sobre ele, me dá a impressão de ser um cara culto, inteligente e bem humorado. Seu único defeito é bancar o especialista em vinhos (o cara vai aos restaurantes levando a sua própria taça...aff), mas defeitos todo mundo tem! Eu me casaria com ele tranquilamente, se eu fosse apaixonada por ele, é claro. (o grifo é importante)

A mesa de amigos toda se agitou:
-Mentira!
-Você nunca se casaria com ele
- Impossível querer se casar com Ed Motta.

Eu contei para vocês que eu estava com um parceiro na mesa? Sim, estava num relacionamento fixo, longo, bacana e estável. Na volta para casa, dentro do carro, ele estava furioso e eu não sabia o porquê. Insisti... nada... implorei... silêncio (PS:odeio isso!!!). De repente, a explosão:
-Você é louca de dizer na frente de todo mundo que se casaria com o Ed Motta!!! Porra! O que é que o povo vai pensar depois dessa? Devem estar falando que, se você casa ATÉ com o Ed Motta então estar comigo não é vantagem nenhuma! Casa com ele então!!

E a briga durou horas. Do lado dele uma explosão de fúria. Do meu lado um silêncio pasmado, sem acreditar que aquilo pudesse estar acontecendo.
A relação acabou. Não naquele ano e nem por causa do Ed Motta.

muitos anos depois........

Cena 2
Eu com outro parceiro viajando de carro. No rádio começa a tocar "Fora da Lei". Estou quieta, ouvindo a música, quando me lembro da minha defesa pelo Ed Motta e da reação surreal do ex. Para passar o tempo resolvo contar a história dando risada, achando que meu parceiro ia achar engraçadíssima. Mas... o pior ainda estava por vir. Este também ficou bravo:
- Claudia, você é muito sem noção, né? Ainda bem que não foi comigo, porque você pegou pesado falando que se casaria com o Ed Motta. Você jura que não percebe que magoa as pessoas falando coisas deste tipo? Pelo amor de Deus...

Segunda briga, segunda reação pasmada. E, de repente.......... Eureka!!!! Minha descoberta científica estava alí!

Hipótese:
Depois de examinar as cenas supracitadas, concluí que o segundo parceiro não estava defendendo o primeiro. Não! Ele estava defendendo a honra masculina que se abala ao saber que a companheira não tem padrão de qualidade ao dizer, publicamente, que se apaixonaria por qualquer um, até mesmo o Ed Motta!!!
Dizer que você se casaria com o Brad Pitt (se estivesse apaixonada, é importante frisar), não é nada chocante e eles reconhecem facilmente que estão num patamar inferior. Mas afirmar que Ed Motta seria um provável concorrente para ganhar de vez o seu afeto deixa eles inseguros sobre sua aparência, seu charme, seu próprio potencial de conquista.

Procedimento para a aplicação do T.E.M:
Em público (de preferência entre amigos DELE), coloque "Manuel" para tocar, dance um pouquinho, e jogue a discussão ao acaso na conversa. Diga que havia uma apresentadora bonita interessada no Ed Motta, que a esposa dele parece ser uma pessoa legal e normal e, depois das reações de desaprovação do grupo por uma mulher que se interessa pelo Ed Motta (que certamente virão das pessoas presentes) diga, como quem não quer nada, que você se casaria tranquilo com ele, se estivesse apaixonada.

Conclusão:
O T.E.M. avalia vários aspectos importantes do seu parceiro:
  1. Se ele é homem mesmo. Sim, porque se ele disser algo do tipo: "Verdade, amor, o Ed Motta parece ser um cara bem cult.", e não se abalar com a sua história, é bem possível que o cara não seja homem. Ou ele pode ser um enólogo, mas isso é outra história.
  2. Auto-estima alta e desenfreada. Se ele der risada e achar engraçadíssimo você dizer que se casaria com Ed Motta é porque tem uma auto-estima alta, inabalável. Isso pode não ser bom para a relação de vocês. Casar com homens muito narcísistas, muito seguros de si, é chato e aborrecido.
  3. Se ele ficar bravo e der um mega piti por causa dessa história, sorte sua! Ele é um cara normal! Homem na medida certa e inseguro do seu amor na medida ideal para manter o fogo da conquista. Pode casar! Mas, importante: enterre antes os seus CDs do Ed Motta, porque os CDs serão agora uma "Caixa de Pandora", que poderão trazer enormes tragédias se foram abertos. 
Considerações Finais:
Importante dizer que não tenho nada a favor e nem contra o Ed Motta, mas acho inadmissível discriminar mulheres que escolhem parceiros fora do padrão de normalidade. E, apesar de enfiar o nariz em taças de vinho, alguma coisa de muito bacana ele deve ter para atrair mulheres lindas.

-Diz aí, Eduardo, qual é o seu diferencial que deixa a mulherada enlouquecida?


Eureka!!!!!


12 comentários:

  1. Cláudia,
    você é o máximo...Quando eu crescer quero ser igual a você: Ter um coração capaz de casar com o Ed Motta, porém ter um marido lorinho de olhos azuis! Rsrsrsr.
    Helena.

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha!!! Nao tinha pensado nisso, Helena! Mas é bem melhor ser assim do que ter um coração preparado para casar com um loirinho de olhos azuis e acabar sendo esposa do Ed Motta. Adorei sua divulgação no Face. Obrigada! Te amo!!

    ResponderExcluir
  3. Hmmm....sobre esta teremos que conversar pessoalmente. Preciso dizer que discordo de suas conclusões. Bem, você sabe, nossos padrões nunca foram os mesmos, e até por isso mesmo é que há de se considerar outras hipóteses.
    Mas,como dito, prum papo mais profundo.
    De qualquer jeito, é sempre bom levantar polêmica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. As conclusoes sao totalmente equivocadas...
    Tao equivocadas quanto o mau gosto do Ed Motta para vinhos...

    ResponderExcluir
  5. Querido Anônimo cheirador de vinhos autralianos,
    Minha pesquisa foi feita dentro dos mais rígidos padrões internacionais de padronização. Logo mais o TEM será publicado, e aí veremos quem tem razão.
    E o Ed Motta é pefeito em avaliar vinhos. Não fale mal do Ed, ok?

    ResponderExcluir
  6. haahahha, muito boa sua resposta para o anonimo, claudinha. eu amo o gosto musical do ed motta e adoraria ter a chance de conversar com ele um dia! bjs

    ResponderExcluir
  7. Luíza, o anônimo acima é meu cunhado australiano metido a entender de vinhos. Ele deve achar que o Ed não chega aos pés dele, mas tenho certeza que o Déd´s não viaja levando sua própria taça. ISSO sim é ser conhecedor e exigente.
    Entre na fila, Lulu, o Ed desperta paixões!!!

    ResponderExcluir
  8. "Homem na medida certa e inseguro do seu amor na medida ideal para manter o fogo da conquista." Isso é a coisa mais boba que já ouvi.

    você diz que é inadmissível discriminar mulheres que escolhem parceiros fora do padrão de normalidade. E o cara que concorda contigo é o único que você considera anormal. Não faz o menor sentido. Péssima teoria.

    Espero que você seja bonita pra casar com o Ed, talvez ele nem seja tão legal assim ;)

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/915375-ed-motta-ofende-mulheres-e-musicos-e-cria-polemica-no-facebook.shtml

    ResponderExcluir
  9. "Minha sirene que detecta preconceito contra negros, gordos, carecas e cantores de soul pop começou a tocar e..." "Se ele é homem mesmo" pelos vistos a sirene é selectiva o_O (http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/915375-ed-motta-ofende-mulheres-e-musicos-e-cria-polemica-no-facebook.shtml)

    ResponderExcluir
  10. Hahahaha, meu post do Ed Motta nunca foi tão lido como nestes últimos dias.
    Ok,ok, eu sei, eu já tinha lido da mega mancada dele no Facebook. Ele é realmente um grande babaca. Mas queria que vocês entendessem que TUDO aqui no meu texto era apenas uma brincadeira, não é teoria e nem nada sério, ok? E o Eduardo entrou aqui só para ilustrar, tadinho. Estava até com pena dele, mas agora não estou mais.
    E, sim, eu sou bonita o suficiente para ele, canto lindamente como Sarah Vaughan e além de tudo sou humilde... perfeita!

    ResponderExcluir
  11. Ah, Eduardo e' o Ed Motta entao?... ;)

    ResponderExcluir
  12. Eu casaria tranquilamente com ele pq beleza e sazonal, alias sou casada com um homem de barriga tanquinho porem o grande amor da minha vida o homem que me faz tremer nas bases tem o perfil estetico do mesmo tipo que o Ed Motta.E detalhe eu fui modelo.

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.