quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A Herança Maldita dos Apaches

O filme é regular mas o livro é absolutamente perfeito: "O Aprendizado de Pequena Árvore"
Numa linguagem infantil e mágica, relata a infância de um pequeno índio órfão que é criado escondido na floresta pelos avós apaches.
E o menino se chama... Pequena Árvore.

Índios são assim: Touro Sentado, Águia Vermelha, Filha do Sol... crescemos ouvindo esses nomes nos filmes de bang-bang e achando graça deles.

A razão da escolha é algo incompreensível para mim. Não é olhando para a carinha do neném porque, se fosse assim, todos iriam chamar Joelho Sangrando.
Com certeza deve ser algo bem corriqueiro como: o primeiro bicho avistado pela tribo depois que o bebê nasce MAIS o jeito que a mãe se encontrava quando a ciança foi parida: vermelha?? sentada?
Algo assim, bem tolo.

Filho da Alícia Pedra de Prata!
Mas os americanos (e seus colonizadores ingleses) devem estar arrependidos de terem exterminado os apaches e acredito que decidiram se redimir, reinventando a cultura dos nomes esdrúxulos e ligados à natureza.

  • O primeiro filho de Alicia Silverstone se chama: Urso Azul (Bear Blue)
  • Os filhos de Jamie Oliver se chamam: Pétala Floresce Arco-Íris (Petal Blossom Rainbow), Margarida Grita Pamela (Daisy Boo Pamela), Papoula Mel Rosinha (Poppy Honey Rosie) e o caçula teve sorte: Amigo Urso (Buddy Bear)
  • A filha de Gwyneth Paltrow se chama: Maçã (Apple)
  • O Filho de Silvester Stalone se chama: Sábio Lua Sangrenta (Sage Moonblood) 
  • A ex-Spice Girl Geri Halliwell tem uma filha chamada: Sino Azul (Bluebell) 
  • Os filhos de Frank Zappa se chamam: Unidade Lunar (Moon Unit) e Diva Muffin Magro (Diva Thin Muffin ).
e por aí vai...

Espero sinceramente que Diva Thin Muffin seja magra... tadinha.


Jamie Oliver chamou seu primeiro filho homem de Buddy, algo como "Meu Chapa" ou "Parceiro". Boa escolha! Você chama o filho e já o cumprimenta ao mesmo tempo.
Aqui no Brasil, Marisa Monte também teve a mesma idéia, chamando o dela de...Mano!
-Fala aí, Mano!!

Aqui no Brasil os pobres tem os filhos com nomes importados (que hoje são considerados cafonérrimos!) e os ricos, uma época, decidiram que o bonito é ressucitar os nomes pobrinhos: Maria, Antônia, João,  Bento, Dora, e por aí vai.
Essa foi a "Era Meu Filho é Gente como a Gente!!!"

E com o tempo foi surgindo a "Era dos Apelidos".

Um dos meus filhos tem um nome que é um apelido: Enzo.
Enzo não é nome! É diminutivo de Viccenzo ou Lorenzo.
Tom, Léo, Theo, Nina, Mel todos seguem a mesma linha.
Não fui eu que escolhi, mas também não discuto. Pelo menos estou na lista dos chiques e famosos, hahaha.

Mas com o tempo, teremos que dar nomes apaches nas crianças.
Não tem jeito: é a nova tendência.

Mas é aí que chegamos onde queria chegar: Incrível como conheço muita gente que já tem um nome apache para chamar de seu.
Meu Enzo, aqui dentro de casa é: Cara de Porca!!!! Sempre foi. Porca de parafuso, não o bicho. Por causa do formato hexagonal de seu rosto.
O outro se chama: Pipi de Carrapato! Juro. É o menino pisar na fazenda que os carrapatos se escondem DENTRO do pipi do pobrezinho. Aí falamos, coloquialmente:
-Pipi de Carrapato, vai pegar sua mochila que tá na hora da escola.

Cada índio com o seu habitat natural de carrapatos
Hum... não devem haver carrapatos no Velho Oeste. Tavez o dele terá que ser um nome Tupi-Guarani:
Pipi Mirim de Carrapato Ubatuba, hahahah.
Tadinho, vou ter que parar com isso antes dele arranjar uma namorada.

Quando eu era pequena meu nome apache era: Abundantes Madeixas. Meu pai me chamava assim porque eu devia ter um belo cabelo.
Hoje o que abunda é outra coisa. Mas o nome correto, atualmente, ficaria um pleonasmo, hahaha.
Não dá.
Mas, como diz meu sábio pai:
"O que abunda não atrapalha"
(eu ia colocar um ilustração aqui, mas desisti!)

E posso dar nomes apaches para todos vocês, leitores queridos: Nariz Torto, Barriga Pelada, Cabelo Verde...
Fácil demais!!! Essa moda com certeza vai pegar. 

O difícil vai ser seguir a tendência de Beckham que nomeou seu filho de... Brooklyn, bairro onde o pequeno foi gerado.
Vixe, seguindo esta idéia, teria que chamar meu filho de Rosolém, um pobre e feio bairro da pobre e feia cidade de Hortolândia.
Não rola.  

Ok, não me seguro, não me aguento. Eu tinha que postar isso aqui.
Tem algum Seinfel´d Fan aí??? Se não tiver, me perdõem, mas até hoje rio sozinha com George balançando a cabeça dizendo:
-A beautiful name for a girl, or a boy... especially a girl... or a boy!



Hahahahha, e no final do episódio um amigo rouba o nome que ele inventou e coloca na filha, matando o cara de raiva!!!!
Vale dizer que George Constanza era uma visionário que estava muito à frente do seu tempo, já que atualmente existe na família do garoto Brooklyn a irmã (ou irmão... ou irmã) "Harper Seven Beckhan"!!!
Sim, incrível, né?

9 comentários:

  1. Pequena fonte fechada da familia do Gonzalo

    ResponderExcluir
  2. A Lia tambem nao tem nome, so apelido, tadinha...

    Inaie

    ResponderExcluir
  3. Ou dependendo do ponto de vista:
    Bear Blue - a tristeza do urso
    Petal Blossom Rainbow - arco-íris do botão de pétalas
    Daisy Boo Pamela - Pâmela margarida grito
    Poppy Honey Rosie- Rosa melada como papoula
    Diva Thin Muffin - Muffin magro que nem uma diva...

    ResponderExcluir
  4. Há Alguns anos o Steve Jobs, olhou para seu filho(a) e disse:

    Não é quem tem cara de maça??? vou dar o nome de Apple.

    ResponderExcluir
  5. aqui no brasil tavam ferrados, cara tentou registrar Omar no Paraná e teve problema, o cabaço do cartório nunca tinha ouvido falar e achava que era 'O Mar', voce ja teria problemas la, 'fontenelle' iam pensar que era alguma coisa de fonte..rs, ótimo texto...bj

    ResponderExcluir
  6. Meu nome apache desde criancinha: Senhorita Tota... Não me pergunte porque, pois não sei.

    ResponderExcluir
  7. Se Enzo for apelido, já foi incorporado como nome há muito tempo, pois é um nome bastante comum na Itália.

    ResponderExcluir
  8. Pequena Fonte Fechada da Familia do Gonzalo, voltei aqui pra dar mais umas risadas.
    Me lembro de um cara que conheci, chamado Beverly. Nao consigo imaginar que pai nessa humanidade pensaria assim "Nasceu meu filho homem. Vou chama-lo Beverly"
    E nao era pobre no brasil nao. Ele era um norte americano...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I can imagine the Hills of Beverly. The hills are alive, with the sound of... heavy metal!!! Deve ser dificil para o cara.

      Excluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.