quarta-feira, 21 de março de 2012

Feed back = feed the socks, warm the feet.


Bom dia, você tem 5 novas mensagens.

Descobri uma coisa importante. Sabe por que eu gosto do Facebook? Porque ele me dá a sensação infante de que todos os dias é Natal. Sim, porque diariamente tem um presente dentro de alguma meia que eu, propositalmente, coloquei na web.
Coloco uma foto bacaninha e... cinco minutos depois já tem comentários. Coloco uma frase de efeito e... pimba, aparece gente para achar graça da coisa. Pá-pum, jogo rápido, olho na bola, bate e volta. Me sinto super, me sinto hiper! Uhuuuu!

-Com este album de fotos vou receber uns 30 "curtir" e 
uns 17 comentários. Agora é só deitar e esperar pela massagem.
(essa meia é incrível, né?)
Ai, ai, como é importante a gente ser ouvido. A tal meia massageia mesmo o nosso ego e dá a sensação de que temos voz neste mundão de meu deus.

É só publicar algo que temos respostas. Simples assim! Todo dia encontramos muitas meias na lareira sempre preenchidas de mimo e carinho. Quer coisa mais gostosa do que abrir o face de manhã e receber bandeirinhas vermelhas dizendo que você foi lembrada? E com o tempo os amigos vão sendo naturalmente peneirados por interesses comuns ou reciprocidade na troca das postagens, e, aí, depois de mais ou menos um ano de uso da rede social, só sobram os amigos que te interessam. Bem melhor assim, porque aí as bandeirinhas são sempre especiais.

O povo que diz que não vê graça no Facebook é porque não publica nada e aí, obviamente, não recebem feedback nenhum. Todos os dias este povo deve abrir o Face e ver convites de gente carente que eles mal conhecem e/ou são convidados a responder perguntas estúpidas de aplicativos imbecis. Aí é claro que a coisa vira mesmo um porre! Este povo que não gosta do Facebook deve pensar que somos idiotas por participar de algo tão bobo, mas o problema não é com a gente (não é não, viu??), o problema é com eles que não sabem usar a ferramenta direito.
Por exemplo, tenho pena, muita pena das pessoas que não descobriram como barrar os convites para jogos e aplicativos. Pobrezinhos... todos os dias tem que ler a previsão do horóscopo de signos que não são deles. Acho graça do povo que divulga na rede social: "Por favor não me mande convites para jogos". Hello!!! Eles é que são burros por não ainda perceberem como impedir isso de acontecer. E o convite para participar do "Meu Calendário"? Quer coisa mais chata?? Oi gente!! O programa já avisa quando for o meu aniversário, tá?
PS: Não é nada pessoal contra alguém. TODO mundo manda!

Mas falo isso porque o massageador de egos chamado Facebook é uma faca de dois gumes. Deixa a gente feliz da vida quando as bandeirinhas vermelhas acenam novidades, mas deprimem quando não há nada. Já aconteceu de eu abrir o Facebook de manhã e não haver bandeira alguma. E o meu impulso é sempre abrir e fechar de novo pressupondo uma falha na conexão. Gozado mesmo.
Tenho uma amiga que confessou outro dia que fica mal quando manda uma mensagem para alguém e este alguém não responde no mesmo dia. Ainda mais se ela percebe que a pessoa andou pelo Face e postou uma ou outra bobagem.
-Como assim??? Por que não respondeu?
Mas vale dizer que esta necessidade egóica de receber atenção sempre existiu e não é uma mania besta da modernidade ou algo típico de pessoas solitárias e deprimidas.
Antigamente ficávamos na espreita esperando pelo carteiro que trazia envelopes. Depois ficávamos angustiados se o telefone não tocava o final de semana inteeeeeeiro (como era triste, não?). E quando a gente saia de viagem, chegava em casa, e não havia NENHUMA mensagem na secretária eletrônica? Sempre me dava a impressão de que faltou luz e, por isso, a máquina não registrou os amigos desesperados por notícias minhas, haha. Lembro também da época em que abria minha caixa de emails umas 5 vezes por dia para me maravilhar com as respostas que recebia rapidamente das minhas cartinhas para as amigas.
Hoje a expectativa está no Facebook. E é igualmente legal.

Meia boca, meia hora, meia vida, volta e meia, meia nove, meia boba, meia louca, meia noite... como é bom ter meias preenchidas por amigos!
Tks Mr. Zuckerberg!

5 comentários:

  1. Eu tambe'm!!!! Sempre assumo que a conexao foi falha e re-conecto pra ver se aparecem as bandeirinhas!
    Mas na minha opiniao, o pior do FB sao aqueles que postam campanhas pra salvar a criança que esta' com cancer (com imagens bem graficas de sofrimento) e aqueles amigos que postam duzias de dizeres e pensamentos por dia, com as maiores banalidades e frases que eles realmente devem achar brilhantes. Muitas vezes com referencias erradas e ate' fotos erradas do autor da frase. Mas esses amigos sao muito bonzinhos pra gente apagar. As perolas sao coisas do tipo "Deus sempre fala com voce. Aprenda a escutar...(do saite MORRENDO DE RIR NO FACE)"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah, nunca me interessei em verificar o site de origem das fases "common sense". Falha minha, daria um belo tratado de referências bibliográficas bizarras. Vou me atentar mais a isso ;)

      Excluir
    2. Me identifiquei com o primeiro comentário do Anônimo "Mar 21, 2012 05:25PM" (kkkkk). Se eu tivesse duas fibras a menos no meu coração, já tinha exclui n na situação "gente boazinha+interações ruinzihnas". Mecanismo de defesa kkkk.
      Eu infelizmente, quando me apego a alguém, qdo digo que adoro alguém, falo sério. E esperar parece ser condição inerente ao ser humano. A gente conhece qualquer coisa ou pessoa e TOIM! Pronto! Sem querer já rola certa expectativa, não adianta. E por vezes vc só se dá conta qdo experimenta cronicamente essa "deiada no ar" que tomamos de algumas pessoas, Nenhuma novidade. A gente repete o que é so que em um cenário virtual e com fotos apenas de momentos cinematográficos da vida. Se no facebook todo mundo parece melhor, como dizem na piada, vale lembrar que para um bom observador isso vale tb para aspectos que nem sempre queremos mostrar de nós mesmos (essas sombras!). Pode parece carência excessiva, mas não. É só humanidade. Sim essa velha e ignorada conhecida. Eu aceito que não sou perfeita e tento lidar com isso, elaborar o sentimento etc.
      Quando o numero de usuarios de Face bombou no Brasil e começou o fenomeno chamado de orkutização do Face por uma galera, percebi que o que essas coisas todas estavam lá: as mensagens equivocadas, a V.A., pessoas que vc nunca quis adicionar, mas se sentiu meio que obrigado... Tem gente que entra no Face numas de "Super Sincero" (quadro antigo do Fantástico). Bem, daí essa pessoa sai dando block, excluindo, dando hide...Essa pessoa só está fazendo o que sempre fez, só muda o cenário e as ferramentas.
      Mas cada letra dali veio do teclado tocado por um ser humano. E cada um só dá o que tem. Frases feitas, um lamaçal de clichês? Mas e se isso for o que de bom aquele pessoa tem a oferecer? Essa visão Polliana me ajudou a não pegar implicancia e a não me ofender com a negligencia de alguns com a rosa da amizade (Pequeno Principe feelings rsrsrs).
      ALguma novidade? Nenhuma. Só humano agrupados num novo ambiente. Só isso.

      Excluir
  2. Estou com falta de bandeirinhas vermelhas. Mas estarei de volta um dia...com um novo carregamento delas - novinhas eloucas para serem abanadas ao vento!

    ResponderExcluir
  3. A despeito, leiam:
    http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-66/tipos-brasileiros/o-social-da-rede

    Muito bom!!!

    Beijos minha loira preferida (eu ia escrever beuzebu satanás, mas achei que não pegava bem aqui...rss. - lembra da música, né?)

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.