quarta-feira, 30 de maio de 2012

Eclipse Oculto

No meu último post, uma leitora deixou um comentário e assim, ao acaso, fez uma revelação supreendente. "As pessoas nunca são tão felizes como querem deixar transparecer no Facebook."
Será????? Uau! Então isso quer dizer que talvez as viagens à Europa não tenham sido tão legais? Os filhos não são tão fofos? O aniversário de casamento não tinha assim tantos motivos para comemorações? O "Bom diaaaaaaaaaaaaaaa!!!" postados no mural todas as manhãs não são genuínos?
Vixe. Será??? 
Acho que não. Eu acredito piamente que as pessoas são o que divulgam porque .......vssssssssssss...............xxxxxxxxxxxxxxx...............uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii...................................

E agora interrompemos o nosso texto para o programa mais esperado do ano:

O FACEBOOK DA CLAUDIA

No dia 1º de Julho de 2009, com 35 anos recém completados, a Claudia entrou no Facebook. Ela conta que entrou porque a sua irmã pediu que ela abrisse uma conta para acompanhar melhor a vida dos sobrinhos (que vivem na Austrália), mas há indícios de que ela tenha entrado por solidão.
Ou falta de sentido na vida.
Ou pior: será que ela entrou no Facebook para criar, dia após dia, uma segunda personalidade para si?
Qual será a verdadeira história por trás da esfuziante moça do Facebook??
O "The E! True Hollywood Story" de hoje mostrará a verdade por trás da rede social.
                         ---------------------------//--------------------------------
Logo no primeiro semestre de rede social, a Claudia, ou Claudinha como é conhecida, conquistou mais de 200 amigos. Uns próximos, é verdade, mas alguns que ela mal conversava, o que dá para a gente uma pista da necessidade de conquista desta mulher.

Mãe da Claudia: A Claudinha sempre teve muitos amigos. Era alegre, animada, foi difícil acompanhar o ritmo dos seus programinhas sociais. Mas, apesar de ser mãe dela, acredito que ela esteja mesmo mentindo quando diz que hoje tem 323 amigos. Esta quantidade de gente eu nunca vi lá em casa. Nem na festa de 15 anos dela foi tanta gente assim... aliás, nem caberia no salão! Talvez ela diga isso apenas para se sentir mais importante. Bobagem (riso nervoso), é mania dela. 

Mas, apesar de carente e sedenta por amizades, havia também um lado esnobe, sádico e maldoso por trás da sorridente moça da foto acima. Há registros de que ela negou pedidos de amizade no decorrer destes anos, deixando inúmeras pessoas com a solicitação de amizade eternamente em aberto.

Paula, colega de escola : Eu conhecia a Claudinha do ginásio. A gente até fez um trabalho de Geografia juntas na sexta série. Quando vi que ela era amiga de uma amiga minha aqui no Facebook eu mandei a solicitação de amizade para ela, mas nunca recebi resposta. Já tinham me avisado que ela era metida, mas um dia nos encontramos no cinema e ela balançou a cabeça me cumprimentando. Achei que ela era minha amiga. Achei que tínhamos uma história juntas.... snif.... desculpa, é muito difícil para mim falar disso.

A vida foi seguindo o seu curso no Facebook e Claudia passou, finalmente, a dizer a que veio: causava polêmicas e tirava sarro das postagens alheias, sendo sempre sarcástica e irônica. Nunca compartilhou uma mensagem se solidarizando com os pacientes com câncer e nem anunciando que tem os melhores primos do mundo. Nunca usou o seu mural para causas nobres, divulgando fotos de adolescentes e idosos perdidos ou de gatinhos precisando de adoção. Nunca houve, também, registros de aplicativos de flores e corações. Mas será que ela é assim na vida real?

Helena, prima: A Claudinha é uma ótima prima e tenho certeza que ela gosta muito de todos da família, mas não entendo o porquê dela nunca ter compartilhado que ela tem os melhores primos do mundo, já que só nós compreendemos a sua família maluca (risos). Na época ficamos todos chocados. A gente ficou esperando ela compartilhar e... nada. Nem um "curtir"nas postagens alheias. Mas então quem é essa prima que me liga todas as semanas e pergunta de todos?? Por que ela age no Facebook de forma tão insensível? (pausa) Desculpa, mas parece que eu não conheço mais a minha própria prima. (voz embargada). Triste mesmo.


Gustavo, amigo de infânciaSou amigo da Claudia desde o primário e ela sempre foi gente boa. A gente conversa com ela em particular e ela é muito atenciosa, boazinha, preocupada mesmo com os amigos. Mas no Facebook ela não demonstra isso. Gosta de fazer piada em horas impóprias (sic) e adora causar uma polêmica. Eu sempre tiro sarro dela por isso (rindo). Falo: "Ihh, lá vai a causadora de polêmicas mais uma vez!" 
Acho que ela tem medo de mostrar o seu afeto. Talvez seja algum trauma de infância, não sei. Ela gosta de se fazer de ruim, mas no fundo é uma boa pessoa.









O que Gustavo se refere são as atitudes rasas e dispénsáveis que Claudia sempre causa no Facebook, como divulgar uma campanha para NÃO adotar cachorros, reclamar do carnaval e abominar (inclusive ridicularizar) a tão esperada sexta-feira. Mas revirando registros fotográficos da moça, podemos encontrar fotos incriminadoras como essas:

-Este é o Neguinho, meu melhor amiginho!
-Alalaô-ô-ô-ô-ô-ô-ô!!!


Claudia não mostra em seu mural o que realmente se passa em sua mente e em seu coração.
Por que? Qual é a razão de esconder seus afetos? Investigamos e descobrimos que nunca houve registros da Claudia lamentando ou chorando no Facebook, mas fontes próximas dizem que a coisa não é bem assim.
Nem tudo são risadas e piadinhas na vida íntima desta mulher.
Com a palavra o seu médico particular:

Dr. Silveira: Bom, desde Julho de 2009 tenho aqui em meus registros 8 consultas em que a Claudia me procurou porque estava passando mal com viroses, sinusite, alergias, dores fortes na coluna e até micose. Mas isso nunca foi divulgado no Facebook. Nunca li uma postagem dela dizendo que acordou gripada, aceitando de coração aberto os votos de melhoras dos amigos. Ela não compartilha as suas dores com a comunidade. Inclusive sei que neste meio tempo ela passou por um oftalmologista e, hoje em dia, precisa de óculos para leitura. Mas existe foto de óculos dela no perfil?? (pausa). Isso é muito comum nas redes sociais, e eu encaro o fato como uma tentativa de negar as dores e difiuldades físicas (nova pausa) e talvez até as psíquicas...

Amiga próxima (que pediu para não ser identificada): A Claudia é estranha mesmo. Ao mesmo tempo que posta fotos engraçadas no Facebook, me conta no chat que os filhos estão doentes e que ela está cansada de lavar louça. Mas no mural dela ninguém percebe isso. Ela não exterioriza, entende? É o jeito dela, sempre foi. Acho que ela tem a necessidade de ter esta muleta, um espaço onde a vida parece ser sempre boa e feliz. E o Facebook acaba sendo isso para ela. Coitada. Mas não acho errado as pessoas olharem para o lado positivo da vida. Vai ver que é isso que ela pretende com esse alter ego que criou para si. 



No Facebook da "Claudinha" existem muitas fotos divulgando a casa em que ela vive com a família, as bobagens que ela faz em sua oficina de artesanato, fotos dos filhos fazendo gracinhas e da cidade pacata aonde mora. Entretanto, existe um lado obscuro da sua realidade que não é mostrado em seus álbuns.
Mostramos as fotos a um especialista e veja o que descobrimos:

Daniel, pedreiro: Trabalhei alguns anos para a Dona Claudia e posso dizer que a casa não é como eu vi no álbum. Tem muita goteira, infiltração, parede descascada e muita coisa feia. Não sei porque esse tipo de coisa não aparece nas fotos. Tem uma foto, inclusive que foi cortada bem na coluna onde o azulejo está quebrado. Ela fez de poprósito (sic) para não aparecer mesmo. Ninguém precisa ter vergonha de azulejo rachado! Não sei, eu pelo menos não tenho!! 


Ana, amiga (que pediu para não mostrar o rosto) :Adoro ver as fotos da Clau, mas já fui na cidade dela algumas vezes e é uma cidadezinha bem besta. Tem sujeira e muito lixo na beira da represa, mas ela só divulga algumas cenas bonitinhas. Uma florzinha ali, um animalzinho aqui, mas a verdade é que ela viaja muito pouco e precisa valorizar o que tem por perto, tadinha. E o que tem perto dela não é assim tão interessante.  Eu estava lá no dia que ela tirou uma foto do filho. Prá você ter uma idéia, antes de bater a foto ela correu e assoou o nariz do menino. Fez isso só prá não aparecer o catarro na foto. Não sei, talvez ela queira mostrar no Facebook que o filho dela não tem meleca no nariz (risos). Mas apesar disso somos muito amigas e eu gosto muito dela, viu? Escreve isso aí porque senão ela fica brava comigo.

Outra polêmica que ronda a "personagem" que a Claudia criou para si é a escolha dos seus interesses no perfil. Nos músicos preferidos, podemos ver que ela gosta de Billie Holiday, Nina Simone, Peggy Lee... mas pessoas próximas, procuradas pela nossa produção, afirmam que a coisa não é bem assim.
Com a palavra, o marido:

Fábio (que não quis aparecer): Bom, não é mentira que ela gosta dessa cantoras chiques, mas existe também uma verdade que ela não divulga. Outro dia encontrei nas coisas dela dois CDs da Alcione. Ela deve ouvir quando saio de casa, nem sei. A Clau é eclética para música, mas ela às vezes descamba bastante para um lado cafona. Ela sempre compra algum sertanejo na beira da estrada quando viajamos. Eu odeio, mas ela insiste. Sertanejo de raíz mesmo, música caipira, mas ISSO ela nunca divulgou no Face. Acho que ela gosta desta imagem de intelectual que criou para si.

Luiza, Prima: Outro dia a gente conversou e ela disse que adora Fábio Júnior. Falou para mim com todas as letras numa conversa íntima, mas... e nos interesses do Facebook dela?? Tsc, tsc, nada de Fábio Júnior no perfil. Não é estranho? Tipo, eu gosto do Fábio Júnior e nunca escondi de ninguém!
  
Por fim, uma última revelação que talvez explique todo o mistério.
Nunca se soube no perfil da Claudia qual era a sua profissão e nem onde ela trabalha, mas nossa investigação levou a uma revelação surpreendente. O conselho federal de psicologia confirma e alguns amigos próximos acabaram confessando: Claudia é psicóloga. Bacharel e Licenciada, formada em 1996.
Mas.... onde está isso no seu perfil? E por que tanto mistério?

E assim as pessoas continuam vivendo suas vidas duplas no Facebook, sem saber que a qualquer minuto podem ser desvendadas por... "The E! True Hollywood Story"!!!!

Claudia ou Claudinha?
Mais um caso de dupla personalidade no Face.


17 comentários:

  1. Ainda bem que eu não fui incluido nessa.
    Seu Pai

    ResponderExcluir
  2. Será só dupla? Pode ter mais...kkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Tive que parar de ler duas vezes pra rir.Você é genial. E que mania é essa de pais assinarem "seu pai"?
    O meu faz a mesma coisa - será que eles acham que se não legendarem a gente vai se esquecer ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, quem riu alto aqui fui eu. Esquecer, rsrs, boa.

      Excluir
  4. Isso e que da ser mãe de blogueira:vira personagem de ficção . Nunca falei aquilo porque acredito que Claudia tenha mais que 350 amigos.A vida e uma ilusão e ela sabiamente soube criar uma linda ilusão para ela e os seus.

    ResponderExcluir
  5. Ai que lindo isso, mãe!
    Verdade, vc nunca disse isso e eu também nunca tive um baile de debutante... ainda bem! Nunca gastamos dinheiro com festas cafonas! Nossa realidade é bem mais legal que a ficção, não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é verdade que a Luíza disse que gostava do Fábio Júnior!!!! E eu também... ai.

      Excluir
  6. Qual é o problema em gostar de Fábio Júnior?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, anônima, vc saindo do armário deste jeito me deixou bem mais confortável.
      "Brigaduuuuuuuuuuuuuuuuuuuu" (deu prá ouvir o Fábio agora? rs)

      Excluir
  7. E a minha entrevista??? De onde você tirou aquilo tudo?! Achou que eu não ia ler, é?!... ri muito!!!!
    Ótima re-criação da nossa vida e atitudes!
    (só espero que eu não seja tão esnobe assim!)
    Ana, a amiga

    ResponderExcluir
  8. Na verdade adorei servir de inspiração para um personagem na sua crônica!
    beijos
    Ana, a amiga (isso é ótimo!!!! rsrs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, a amiga: não existe uma única gota de esnobismo correndo no seu sangue. É que esse seu chapéu te deixa com cara de madame, rs. Foi mesmo uma crônica!!! Eu só usei a sua foto porque nela você parece aquelas esposas de mafiosos que vão depôr e não querem ser fotografadas. Ou a amante de um político famoso no funeral dele, de chapelão e óculos Jakie O. para não ser reconhecida pela família, haha. Uma boa personagem para a minha crônica.
      Que bom que vc sabe brincar, não é à toa que é minha amiga. Love you!

      Excluir
  9. Clau, você é realmente um poço infinito de criatividade! Só precisa acreditar que isso se reverte em notinhas daquelas que vêm até nós através de instituições bancárias!
    Muito legal este post!
    Só fiquei ofendida porque não apareci nem de relance...humpf! ;)
    Beijos, uma de suas 350 amigas do Face - mas a única que compartilha com você uma outra listinha igaualmente comprida!! hahaha.
    Beijos, minha loira blogueira.

    ResponderExcluir
  10. Eu amoo Fabio Junior também !
    é mal de prima mesmo...tenho certeza que daqui uns dias vc abre seu coração coloca um video dele e mostra a brega que tem ai dentro!kkkkkk

    Bjão prima, ass: Luiza ( fã de Fabio Junior e até de Alexandre Pires) kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Claudinha, vc é insuperável! Adorei! Eu me divirto muito com seu humor inteligente e sarcástico. Ainda bem que vc aceitou a minha amizade no face... kkkkkkk!

    ResponderExcluir
  12. Eu sou a Helena Lima (prima acima citada), também gosto do Fábio Júnior, da Alcione e da música sertaneja de raiz!
    Mas, como também não tive coragem de postar isso...Não posso julgar a Caludinha.
    Acho também que polemizar demais dá preguiça!
    Já pensou em responder a todos os comentários sobre o Fábio Júnior?
    Aff! Ninguém merece!
    Helena Fontenele Lima.

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.