terça-feira, 29 de novembro de 2011

As mulheres dos Chicos e Caetanos... e Pedros, Josés, Paulos, Rodrigos...

Querido Diário:
Quando ele chegou em casa, mil tragédias já tinham acontecido. A banheira do moleque virou e molhou até o corredor, o gás acabou no meio do assado, eu de TPM, o mais velho pedindo ajuda com o dever de casa enquanto o feijão da janta queimava... sabe aqueles dias em que nada parece dar certo? Então. Mínha cara já tava inchada de tanto chorar.
Depois do beijinho burocrático no portão ele percebeu a cara de choro:
-Nada não.- eu disse- Tava cortando cebola.
-Ahhhh. Querida, você é tão bonita.
Gozado. As vezes eu acho que mulher bonita, prá ele, é mulher triste.
Todo dia ele reclama que eu tô aflita quando ele chega cansado em casa. Ele diz que quer... consolo.
Sorry, baby. Entre na fila.

-Eu quero consolo...
Levei a Coca-Cola e ele tomou. Botei, então, a mesa e ele comeu, comeu, comeu, comeu, comeu.
Porco.
De repente, ele entrou em crise. Putz, odeio homem em crise existencial!
Disse que quer ir embora, quer dar o fora e conta que até já pensou em tocar fogo no apartamento. No nosso apartamento!!!!!!! Falou que tudo o que ele deseja é correr o mundo. Cansou da rotina, da mesmisse e acredita que está precisando...correr perigo!!
Hahaha, tadinho, parece que não teve adolescência. E, pior: que que eu vá com ele!
Eu então falei:
-Querido, não estou entendendo quase nada do que você diz.
Ele nem respondeu. Sentou, comeu mais, fumou e disse que não aguenta.
Bom, fazer o quê?
Botei então a sobremesa e ele comeu. Levei depois o café com "Sweet" (estou de dieta porque ele outro dia disse que eu tava curtida...bah!) e ele comeu, comeu, comeu, comeu.
E depois que eu lavei a louça do jantar e coloquei a criançada na cama ele me comeu também.
Todo dia é assim... TODO DIA!!!!!!!!!


Querido Diário
Todo santo dia eu tenho que fazer tudo sempre igual: sacudir o marmanjo às seis horas da manhã. Ele jura que não ouve o despertador.
E, para ele acordar de bom humor, tenho que estar sorrindo e dar beijinhos depois de escovar os dentes. Juro: ele reclama do meu hálito pela manhã, como se o dele cheirasse a flores do campo!!!!
Todo dia eu tenho que dizer prá ele se cuidar. Levar casaco, guarda-chuva, verificar o passe do ônibus... essas coisas que dizem todas as mulheres porque os homens que NUNCA se lembram de nada. Depois do café dou outro beijo, e digo que estou esperando ele pro jantar.
Ele adora um mimo.
Passo o dia então aflita (como disse ontem) e ele almoça na fábrica. Teve a petulância de dizer, certa vez, que o feijão de lá é melhor do que o meu e que lá come tanto feijão que nem consegue falar. Claro! Garanto que as cozinheiras na fábrica não se distraem com bebês escalando a perna delas e ameaçando se queimarem na porta do forno!!!
Lá na fábrica ele diz que quer parar com tudo e que tem vezes que só pensa em dizer não, mas não faz isso porque, segundo ele, "tem uma vida prá levar".
Gozado... eu também.

-Tava me esperando, amor?
-Claro querido.
Seis da tarde eu fico no portão de casa para as crianças brincarem um pouco na rua. Aproveito para bater um papo com as vizinhas. Confesso: é o melhor momento do dia. Até ele chegar do trabalho e falar:
-Já tava me esperando, né? Acho incrível, você simplesmente não sabe viver sem mim!
Hahahah, coitado.
Digo então que é verdade, que eu tava mesmo com muuuuuita saudade dele, e brinco que estou loooouca para beijá-lo.
Tadinho, ele é tão ingênuo que acredita.
Aí de noite, depois de todo o drama do jantar que ele sempre faz, eu fico mesmo confusa. É tudo muito estranho: ele passa o dia dizendo que quer ir embora, que tá de saco cheio de tudo, etc e tal, mas o problema é que ele nunca vai e nunca irá!
Então porque tanto drama, meu Deus?
Por mais que eu finja que continua tudo bem entre nós, confesso que estou começando a ficar insegura. Meia-noite, depois que ele me come, a gente então fica bem. Ele me abraça e eu peço para ele não se afastar, juro eterno amor (ele jura também) eu mordo a orelha dele e aí... ele me come de novo.
Todo dia, todo dia!!!!!!!!!!!!




Sim, porque tudo na vida tem dois lados.
Mas, por sorte, existe o tal sexo para servir de advogado do diabo e apaziguar as versões, sempre tão contraditórias...
-Deste jeito você me consola, querida.
-E eu estava esperando o seu consolo, amor...

arte: Os Gêmeos

4 comentários:

  1. Pois é, só Deus sabe por que diabos esse negócio de sexo é tão bom, poderoso e revigorante de (quase) tudo!
    Delícia de post! Tava com saudades do meu companheiro de (quase) madrugadas. Adorei, senhora inspirada. E quem falou mal daquela loucinha amiga??
    Beijos, minha flor. Tantas saudades de ti.
    ps. Que Eles tenham teu/nosso sexo!

    ResponderExcluir
  2. e o "me comeu DUAS vezes todo dia, todo dia, todo dia??"

    de onde vem isso - pq depois do terceiro ano, nao tem nem sexo todo dia, quanto mais DUAS VEZES ao dia...

    Vai ver que e esse na verdade o problema do mundo. Falta de sexo todos os dias, duas vezes ao dia!

    ResponderExcluir
  3. Antes que eu me esqueça: o texto acima diz respeito apenas às músicas supracitadas e eu não tenho nenhuma responsabilidade sobre o fato do cara comer ou não a esposa todos os dias. Clau

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.