domingo, 16 de dezembro de 2012

Os homens são de Marte e as mulheres são chatas.

Esta semana vi no Facebook uma foto acompanhada de comentários furiosos, alegando que a postagem era machista.
E a foto era essa:
8 coisas que tornam uma mulher apaixonante:
  1. fofa e carinhosa
  2. mesclar santinha e safada
  3. ter o bumbum no lugar
  4. não reclamar muito
  5. saber cozinhar
  6. não reclamar sobre futebol
  7. se cuidar
  8. ser fiel
Devo ser a pessoa mais machista do mundo porque concordo com tudo isso, desculpa aí.
Também odeio gente que reclama demais e as mulheres que fazem isso tornam-se mesmo in-su-por-tá-veis. Sim, sou das antigas que acreditam que a mulher deveria ser mais cordata e passiva. Desculpa, mil desculpas, mas eu acho isso. E veja que os caras não pedem que elas não reclamem. Não!!!! Eles tem noção da realidade. Pedem apenas que não reclamem... muito.

E eu, apesar de ser mulher, também não perdoo mulheres que não se cuidam e que não saibam cozinhar. Nada é mais brochante e desanimador do que uma mulher que não sabe cozinhar. Chega a ser infantil e sonso.

E ser fofa e carinhosa, caramba, não é mais do que uma obrigação!! Mulher tem que ser carinhosa, óbvio. Se não está na Bíblia, esta regra certamente consta no manual do proprietário. Pode checar que tá lá.

Bom, e "ser fiel" é o que se espera de qualquer parceiro (homem ou mulher) e ter a bunda no lugar é o que se espera de qualquer animal. Sorte que todos nós temos. E perceba que eles não reclamam da celulite e nem exigem demais da lei da gravidade. Só pedem, encarecidamente, que a coisa esteja no lugar, entre as costas e as coxas. 

Outro item: "suportar o futebol". Isso também pode ser traduzido como: suporte as manias estranhas do outro. Pode ser futebol, pode ser política, um programa esdrúxulo da TV, bicicleta, rock, ou o que mais houver. Mas, gente, é óbvio que temos que suportar porque, afinal, a mania é DELE e não nossa!  

Bom, resumindo, não vejo nada de errado na lista dos homens. 

Estranhíssima é a foto oposta:

8 coisas que tornam um homem apaixonante:
  1. pegada 
  2. perfume
  3. corte de homem bem resolvido 
  4. barba cerrada (não é serrada??? o Google não respondeu)
  5. prestatibilidade e parceria
  6. estilo
  7. cueca box branca
  8. cara de mau com um coração super romântico.
Não é uma lista de exigências estranha? MUITO mais sexista, detalhista e fútil do que a lista anterior.

Primeiro item: homem tem que ter pegada. Bom, isso eu já sabia. As mocinhas da minha palestra me contaram e eu socializei neste post aqui. Toda mulher diz que a "pegada" (uma palavra abstrata, intraduzível e cujo significado é impossível de explicar), é uma obrigação masculina que determina a continuidade ou não de um relacionamento.
Não é exigir demais dos pobres???
-Olha, Paulo, eu até gosto de você mas o problema é que você não tem pegada.
Aí o cara vai passar o resto da vida sem entender o que ficou faltando. Vai criar traumas, vai ficar frustrado, e NUNCA conseguirá resolver o problema dele porque, percebam, não existe "aula de pegada". Não existe um passo-a-passo no Youtube esclarecendo o assunto porque ninguém define o que é afinal uma pegada.  "Pegada" é algo que, se você não tem, então nunca irá entender o que é e, portanto, está condenado a definhar na sarjeta sexual da vida.
A mulher pode se tornar bem cuidada, pode aprender a cozinhar, pode decidir ser fofa, mas o homem nunca conseguirá decodificar e adquirir a tal pegada.
E eu acho isso muito, muito injusto.

Perfume. Poxa, perfume?? Exigir de um homem que ele use perfume é o mesmo que ele pedir que você escove os dentes antes de beijá-lo. Ou que tome uma ducha antes do sexo. Sacanagem, não acham? Vocês não acham absurda essa exigência?

Terceiro item: "corte de homem bem resolvido". What??????? Nada mais mal explicado, preconceituoso e elitista.

Barba cerrada. Hum..... ok, esse item eu poupo da minha crítica porque concordo.

Prestem atenção ao próximo item: "PRESTATIBILIDADE e parceria".  As mulheres querem tanto, exigem tanto, que até inventam neologismos para definir seus desejos.
Prestatibilidade existe??
Pelo que eu entendi elas querem um homem que seja parceiro e que lhes preste serviços. Tipo, troque o courinho da torneira, mate uma barata (e jogue no lixo) e saia  na chuva para buscar o carro no estacionamento. Entendi, mas isso não é o mesmo que o homem exigir que você cozinhe?? E porque eles são machistas ao exigir a comida e você está nos seus direitos ao querer a instalação da resistência do chuveiro? E, tem mais: TODO homem que eu conheço atualmente cozinha (muitos, inclusive, melhor do que as esposas), mas nunca vi uma moça trocando o pneu para o marido.

Estilo. Putz, outro item abstrato. TODOS nós temos estilos, mas elas não definem o estilo que lhes atrai porque.... porque..... ah, porque são mulheres. Elas querem e ponto final. Eles que se virem para entender.

Cueca box (o certo seria boxer, mas aí já é exigir demais dos textos do Facebook). Como assim??? Se os caras acima pedissem, sei lá, calcinhas vermelhas as feministas, obviamente, iam cair matando, mas as mulheres tem o direito de escolher o modelo E a cor das cuecas. No mínimo um contrasenso.

Último item da lista: "cara de mau com um coração super romântico". Trocando em miúdos, isso é o mesmo que dizer que ele deve "mesclar a santinha com a safada", claro, mas as mulheres dizem de modo a parecer uma necessidade afetiva e não uma tara sexual. Mulheres são maduras e demonstram saber o que quer. Homens são pervertidos e sempre exigem demais.

Bom, resumindo: é duro ser homem hoje em dia. Não podem pedir nada que já são taxados de machistas e, prá piorar, atualmente precisam satisfazer uma lista de exigências abstratas e confusas como "pegada", "estilo", ter um corpo perfumado e um cabelo com "corte de homem bem resolvido". Além da cueca certa.

Tadinhos... e pensar que eles só queriam um bumbum no lugar certo.



10 comentários:

  1. Concordo com tudo que você disse, em ambos os sexos. excelente sua analise! mas meu lindo "vaso" não gosta de barba cerrada...então tive que esquivar desse quesito em prol de um sorriso lindo! A bunda no lugar não pode ser exigência né? mas ajuda bastante a animar a 'galera'! hehehehehe

    ResponderExcluir
  2. Mulherada só sabe reclamar gente! Igual a história da musica do Roberto Carlos! "O CARA"! Primeira vez que ouvi pensei: "é.. isso sim é O CARA". Daí vieram as feministas analisar a psicologia da letra, que "O CARA" é ciumento, grudento e neurótico! ORRA MULHERADA? Dá pra decidir o que querem da vida? Coisa chata!
    Mas confesso que reclamo do futebol! Não do esporte em si, mas do que faz depois da pelada. Tipo, aquele dia mamãe e filhinhas não existem. No fundo é uma invejinha, que já tentei imitar, mas OBVIAMENTE é muito mais complicado de cumprir. Não dá pra mamãe desligar, esquecer do marido e filhas em casa. No mínimo tenho que armar O "ESQUEMA" de papinha, deixar de banho tomado e isso my friend: Não é justo! pq o bicho reclama! ENTÃO VOU RECLAMAR TAMBÉM! TODA QUINTA!
    E o lance da Pegada? confesso que se não fosse a pegada, o rapaz não teria tido chance... e hoje em dia, talvez estivesse casada com o "Italiano maduro e rico" (o q eu idealizava como marido até conhecer o brasileiro muleque pobre)
    Beijosss e mais uma vez... delicia de blog
    Tania

    ResponderExcluir
  3. Rindo muuuuuuuuuuuuuuuuuito, ganhei o dia com essa "análise". Bjks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gê, que mundo pequeno é esse menina? Te encontro aqui, na sala da Claudinha??? Feliz Natal!!

      Excluir
  4. Claudinha,
    eutirou as palavras da minha boca... " Eu me acho a mulher mais machista do mundo"! Esse seu machismo é uma revelação pra mim! Mas também, alguma coisa em você deve ter vindo na herança genética, né? A tia Climene tb é machista!
    Eu realmente acredito numa contra-revolução feminina! Quero ter o direito de não trabalhar, estudar , educar e organizar tudo com excelencia, sem pedir ajuda de um homem. Se pego a primeira mulher que queimou o 1º sutã...Dou na cara dela, mesmo!É isso aí...O tempo nos provou que não existem as tais mulheres maravilha e quem queima sutiã acaba com os seios caídos!

    ResponderExcluir
  5. Claudinha, quase mandei uma pedrada virtual na sua direção, mas ai continuei lendo o texto e relaxei!
    Eu não cozinho, não me cuido... HA! Mas também não espero quase nenhuma das coisas da lista adversária. Me auto absolvi da infantilidade e sonsisse!

    E a salada de batatas ficou ótima - já dei o devido crédito, como prometi.

    Milhões de beijos e Feliz Natal!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Claudinha, vim aqui muito curiosa depois que a bruxa solar comentou sobre você no post da geleia de pêssego. Com certeza vou fazer embora o açúcar seja meu mais novo inimigo.
    Sabe de uma coisa? Detesto esses rótulos criados pelo marketing. Acho sim que a mulher deve se cuidar, ser romântica e bonita e deve cozinhar sim. Cozinhar é uma arte maravilhosa. Sempre cozinhei com meus filhos. O resultado é que tanto ela quanto ele se divertem com os companheiros na cozinha.
    Concordo com você sobre "pegada". Que diabos é isso?? Como rotular alguém por uma pegada. Faz favor. Barba não gosto de jeito nenhum. Para mim é igual a óculos escuros, esconde metade do que quero ver. Um cheirinho bom é sempre gostoso não é. E já que estamos sempre fresquinhas e cheirosas para eles, porque não o contrário? O resto me pareceu uma enorme baboseira. Em todo caso, adorei seu post e me diverti muito. Muito prazer, um grande abraço e bjks

    ResponderExcluir
  7. Por onde anda está de férias?

    ResponderExcluir
  8. muito bom Claudia parabens

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.