sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

70, 70, aí se tenta de novo.

Nesta semana o Brasilicus chegará a 70 000 acessos.
-E daí???? - todos me perguntarão.

E daí nada.
Claro que isso não tem absolutamente nada de importante e os números nem são tão altos que mereçam algum tipo de comemoração. Conheço gente que recebe estes acesso num único dia.
É só um número, óbvio, mas como eu disse neste post aqui, levo o número 7 muito, muito a sério, e se fiz uma homenagem nos 7 mil acessos, preciso fazer uma melhor ainda nos 70 mil.
E a homenagem de hoje será mostrar ao mundo que um bloguinho fuleiro, discreto e pouco acessado como o meu pode mudar o mundo. Muitos blogs grandes e importantes já salvaram mulheres de serem apredrejadas até a morte, já denunciaram (e até ajudaram a derrubar) regimes totalitários e controladores e já mudaram a vida de muita gente no decorrer desta última década. Os blogs são incríveis!
O meu também.
Duvida? Vou provar.

1) Este post mostrou ao mundo que o fio dental é traiçoeiro e sacana por sempre nos deixar na mão. O fio dental, nesta época, não avisava que estava acabando porque vinha numa embalagem turva que não dava pistas sobre o conteúdo. Ninguém conseguia prever que ele iria acabar, claro, porque não dava prá ver nada lá dentro! E pelo fato do produto ser muito leve, enquanto o fio vai sendo usado não há mudanças no peso da caixinha no decorrer das semanas. Uma amiga perfeccionista e bastante obsessiva disse que percebe que o fio dental está terminando pelo BARULHINHO DA ROLDANA!
Sei....
Bom, mas ela não conta porque, como eu disse: é louca, rsrs.
Mas graças ao Brasilicus que denunciou um importantíssimo drama sofrido pelos consumidores brasileiros, hoje em dia o fio dental vem numa embalagem transparente.... assim:
-Agora dá prá saber quando vai acaba-ar lalalalala-la!! 
(este é o novo da Johnson, tá?)


2) Este post aqui contou sobre a importância de dormir abraçado com alguém e deu explicações revolucionárias sobre conceitos complexos da bioenergética. O texto afirmou que os travesseiros em formatos de braços não resolvem nada e que é fundamental ter contato físico com uma pessoa de verdade na cama para evitar irritabilidade, estresse e depressão.
Lá no Japão, uma leitora leu o meu texto e inventou um serviço incrível:

"Mais uma criação inusitada vinda do Japão: no bairro de Akihabara, um dos mais alternativos de Tóquio, capital japonesa, é possível contratar uma mulher para dormir (só dormir, viu?) com você. Por cerca de R$ 120, é possível alugar uma mulher para dormir junto.
Mas não passa do sono. Não há serviços sexuais. No máximo, por algum dinheiro extra, ela vai te fazer cafuné até que você durma. Chamado de "Soine-ya", o serviço é estranho até para os padrões japoneses. Muitos acham que o serviço oferecido transforma a mulher em um mero objeto.
No entanto, os criadores do serviço dizem que o " Soine-ya" está indo muito bem. Parece que há muita gente precisando de carinho e atenção na terra do sol nascente. Será que um serviço parecido iria fazer sucesso aqui no Brasil?" (Yahoo Notícias, 2 de Outibro de 2012)

"Mero objeto"?? Imagina! As moças salvarão vidas com este trabalho digno e importantíssimo.
E, sim!!! Claro que um serviço assim faria sucesso por aqui, já que a idealizadora do "Personal Teddy Bear" é brasileira.
Vou abrir uma filial aqui, com descontos especiais para quem não ronca. E não baba. Ah, e não sofre de flatulências noturnas, óbvio.


"You put the boom boom into my heart
(...)
Jitterbug into my brain
Goes a bang bang bang till my feet do the same.
Wake me up before you go go"


Brasilicus tem um orgulho danado em equilibrar as energias dos japoneses solitários. Agora é esperar os índices de suicídio diminuirem drasticamente no país do sol nascente (agora nascendo em boa companhia!!). De nada.


3) Você, leitor assíduo, deve se lembrar desta postagem onde criei uma seita ridícula: "Seja um Ovomaltine você também!!!". Pelo fato do produto se achar o máximo e se dar ao direito de não possuir uma embalagem decente, eu ridicularizei ele no blog, deixando o pobre numa situação bastante delicada no mundo dos achocolatados. Porém, graças à minha crítica construtiva, hoje o Ovomaltine possui uma embalagem bonita e muito mais atraente, ganhando de vez a simpatia de milhões de consumidores. Sua auto estima está melhor, seu preço aumentou ainda mais e todos os marketeiros me escrevem agradecendo.
"Cha-cha-cha-cha-cha changes!!!!!!"




4) Agora o papo é sério: o absurdo da exigência da letra cursiva.
Poucos meses depois que eu e Angelina Jolie solicitamos, encarecidamente, uma modernização no processo de ensino e aprendizagem, soube que lá nos EUA o texto teve repercussão e já existem planos concretos para abolir de vez a tradição ridícula da letra cursiva:
"O ensino da letra cursiva (de mão) será opcional no estado norte-americano de Indiana e deverá ser banido definitivamente nos próximos anos. A decisão deve ser seguida por mais de 40 estados do país que também consideram esta forma de escrever como ultrapassada. Na avaliação deles, é mais importante se concentrar no aprendizado das letras bastão (de forma).
O argumento dos defensores desta lei, que provocou polêmica nos Estados Unidos nas últimas semanas, é de que hoje as crianças praticamente não necessitam mais escrever as letras com caneta ou lápis no papel. Seria mais importante elas aprenderem a digitar mais rapidamente, já que quase toda a comunicação acontece por meio de letras de forma nos celulares e computadores." (Veja, 18/07/2011)

Vou continuar minha luta por aqui. Obrigada, Mr. Mike Pence por ler meu blog e fazer as devidas mudanças no seu estado de Indiana. Torço para que a sua decisão vire exemplo para o resto do mundo. Thank you very, very much.


Nota: Quando a este post do Yakult, lamento informar que nada mudou. O povo é mesmo osso duro de roer. Enquanto isso continuamos a roer nossas garrafinhas de soro com lactobacilos vivos para tentar tirar o resto do papel "arumínio". Eu já inventei um serviço útil e rentável no Japão que salvará vidas e diminuirá o estresse. Modificar a embalagem do Yakult seria querer demais. Reconheço meus limites.
Nota 2: As fotos fora de foco e sem produção foram feitas há 10 minutos no quintal da minha casa. Créditos para o fotógrafo Enrico, 6 anos. A cara de idiota é minha, enrolando fio dental no nariz (descartei este pedaço do produto, claro).


Agora eu quero saber de você. É, você que está ai agora sentadinho lendo o blog.
"Ô da poltrona!!", conta prá mim qual das mais de 200 postagens colaborou com alguma informação nova para você. Desta vez não quero elogios nem confete (juro!). Quero saber qual  postagem aqui trouxe cha-cha-cha-cha-cha-changes prá sua vida.
Você lembra de alguma em especial? Qual?


Uhuuuuuuuuuuuuu!!!! É nois!!!






-Pronto? Acabou? Posso ir embora agora????

BLAM!







3 comentários:

  1. a postagem do ovo maltine "Um anjo na minha vida... again!!". Cheguei aqui por acidente causa dela ano passado, não vou dizer o porque, mas foi de grande importância num período de transição.

    ResponderExcluir
  2. Querida Claudinha ! Existem diversos pedacinhos seus que escondidos com uma textura singela nos seus textos, me encantam e me fazem repensar as escolhas, que fiz somente somando qualidades que seriam perfeitas em minha vida. NAO existe uma matematica melhor para nossas escolhas do que as que fazemos de forma sincera, e somar é mecanico demais pra ser verdadeiro ! Porem se é para escolher um post fico com aquele direcionado a mim apos uma critica sincera que fiz por aqui. Bjs e até breve

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.