segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A piada do pintinho

-Piu!

Faz tempo que eu não apareço por aqui, né? Até o Conselho Tutelar já está na minha cola, me recriminando por abandonar meu "baby blog" desta forma. Tsc, tsc.
Mas aí ontem aconteceu uma coisa bem engraçada.
Vou contar, tá?
Uma vez expliquei para uma leitora, nos comentários deste post aqui, que escolher fotos para as postagens é uma arte difícil porque, na minha opinião, devemos apimentar textos monótonos com fotos ousadas e, por outro lado, amenizar assuntos pornográficos com fotos banais. Tudo isso para evitar o tédio e a vulgaridade.  Mas esta escolha toma tempo e precisa de muito feeling. Tarefa reservada apenas para os entendidos.

Bom, no meu último texto, "Minha vida agora com Paixão", eu falei sobre um... hidratante!!!! Sobre as maravilhas de um produto barato e de qualidade. Puxa, que assunto legalzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.....
Para tornar a postagem menos chata eu quis ousar (e ousar bastante!) fazendo uma referência ultra... ousada ...nas fotos. Eu estava falando de um creme branco que sai, espesso, de um tubo. Então pensei:
-Hum, para não ficar tão chato vou, então, fazer uma menção honrosa a outro creme branco que sai, espesso, de um outro tubo. Assim, o conjunto fica equilibrado e, quem não se interessar por hidratantes vai, pelo menos, achar graça da minha arte em conseguir ilustrar um texto besta. 

Ó meu deus, como colocar fotos de esperma saindo de pintos no meu blog?? Não dava. Então peguei imagens que apenas induzem à coisa e deixei elas soltas, sem dar nome aos bois e sem nenhuma legenda gozada (com o perdão do trocadilho). Como super-estimo meus leitores, coloquei um monte de imagens subliminares e esperei que os comentários aparecessem.
Mas ninguém percebeu.
Hello???? Voltem ao post e reparem na primeira imagem. Vocês acham realmente que eu escolheria uma foto feia, sem luz e mal definida para ilustrar o título do post? Vocês acham mesmo que eu teria um mau gosto tão grande sem nenhuma intenção por trás? E a segunda foto?? E a terceira?  Poxa, leitores, vocês já foram mais maliciosos!

Mas ontem uma amiga percebeu. Ufa. E me ligou dando risada:
-Claudinha, sua safada, que raio de ilustração foi aquela que você usou no seu último texto?? 
- Linda, minha querida, você acabou de me salvar de um imenso marasmo. Depois de longas semanas finalmente alguém entendeu a piada. Ponto para você!!
-Claro que eu entendi, sua boba: pinto-paixão, creme-esperma... achei ótimo! Ah, e se quiser escrever um texto sobre mim pode escrever, tá? Mas não cita meu nome.
-Jurrrrrrraaaaaaaa? Posso mesmo????
-Claro. Acho importante alguém falar sobre isso, e você é a pessoa ideal.

Eba! Finalmente vou sair do limbo criativo e voltar a falar de coisas interessantes por aqui.
É que essa minha amiga ama esperma. O cheiro, o gosto, a textura, a cor... é uma rara e divertida "louca por porra". Quando o marido usa camisinha ela, secretamente, vai no lixo e resgata o invólucro para usar mais tarde. Sozinha e escondida ela cheira, espalha na pele, lambe e adora! É a característica mais pitoresca desta moça que eu tive a imensa sorte de conhecer. E ela fala disso com naturalidade, alegria e um entusiasmo contagiante, diante da cara de nojo das amigas.
As amigas, por outro lado, odeiam. O cheiro, o gosto e, principalmente, a textura. Tomam banho o mais rápido possível para se livrarem dos vestígios e ficam bravas quando os maridos/namorados não avisam que vão gozar em um sexo oral. Acham falta de respeito não avisar. Falta de higiene.

E isso me fez lembrar da piada:
-Qual a diferença entre a santa, a puta e a indecisa?
-Não sei. Qual é?
-A santa cospe e a puta engole.
(silêncio)
-E a indecisa?
-A indecisa fica com a coisa na boca, pensando: "O que é que eu faço com essa porra??????"

Essa piada é velha, mas semana passada uma outra amiga me lembrou dela com a seguinte frase:

"Quando alguém lhe provocar irritações, pegue em copo de água,
beba um pouco e conserve o resto na boca.
Não a ponha fora e nem a engula.
Enquanto durar a tentação de responder, deixe a água banhando a língua.
 Esta é a água da paz."

Chico Xavier

E disse, abaixo: "Acho que Chico Xavier era um indeciso."
Ahahahah, adoro essa coisa engraçada chamada: amigas. Como pessoas podem viver sem elas?? Sim, Chico Xavier, virou um grandessíssimo indeciso para mim também.

-E agora? O que é que eu faço??? 




6 comentários:

  1. HAHAHA.. Agora terei que ler o outro post e morrer de raiva que não fui a primeira em notar. Com certeza eu entenderia...
    Beijos
    Tania

    ResponderExcluir
  2. Ai, Có, só você mesmo...tem assunto pra tudo, essa menina. Beijos. Te espero pra irmos, sem indecisão, à "Tratoria". rs.

    ResponderExcluir
  3. Amei os 2 posts! FYI também acordo pra passar hidratante, mas só no pé! E confesso que não sei se eu me ligaria no "trocadilho" das fotos! ahahahahah Agora que li com a mente super maliciosa, dei muita risada!
    Beijos beijos beijos e agora bem mais leve após ler 2 posts deliciosos!
    Tania, sonhando com um reunion!

    ResponderExcluir
  4. Pra variar um texto ruim, que bom. Não se ofenda, mas voce estava ficando interessante demais.Perdeu pontos valiosos, mas que esta contando afinal ? Com carinho espero por algo que me faça pensar e não fiz isso nem por um segundo. Para constar, no post da paixão foi divertido o trocadilho. Gentilmente não delete este comentário, uma escritora tem que amadurecer quando desagrada um fiel e assiduo(a)leitor.

    ResponderExcluir
  5. muito bom, muito bom mesmo, fazia tempo mesmo que não via seu blog

    ResponderExcluir

Se você não tiver uma conta Google e quiser comentar: escreva na caixa, assine (para eu saber quem escreveu!) e escolha a opção "Anônimo". Pronto! Seu comentário aparecerá imediatamente no blog.